Autor: Matsuo Sato

Aqui no Japão quando falamos em primavera, falamos das florações das belas cerejeiras.
Goryokaku é uma ótima opção para um “Hanami”, vamos conhecer?
Cola aí!

Leia mais

As tulipas são lindas! Vocês não acham?  E tulipas com cerejeiras, aí é demais concordam? Para completar vamos colocar as montanhas Asahi com neve no plano de fundo?  Pois é este lugar existe e é lindo demais, chama-se Funakawaberi na província de Toyama. Numa extensão de aproximadamente 1.200m em ambas as margens do rio Funa […]

Leia mais

Bonbaiten(Exposição de árvores de ameixa japonesa miniarurizadas). Uma bela exposição que acontece no inicio da primavera, desde 1952 na cidade de Nagahama, na província de Shiga. Estamos familiarizados com o termo bonsai(盆栽), aquela bela arte japonesa de miniaturização de plantas correto? Bonbai(盆 梅) é a mesma coisa só que a miniaturização é da ameixeira japonesa. Nesta época acontecem […]

Leia mais

Um arranjo que faz toda diferença, assim é o castelo de Takada(高田城) durante a primavera, época da floração das cerejeiras. Tenho viajado este arquipélago de ponta a ponta e posso afirmar, aqui temos o mais belo espetáculo de iluminação de cerejeiras com castelo. O castelo de Takada localiza-se no parque homônimo na cidade de Joetsu, província […]

Leia mais

Alguém, já visitou um templo budista?  Na entrada destes templos normalmente tem um portão bonito(Niomon), nele encontram-se duas estátuas com aparência de poucos amigos, cara de bravos e nervosos. São os guardiões do templo, conhecidos no Japão como Nio, ou popularmente por Agyo e Ungyo ou ainda como Kongo Rikishizoo. Quando entramos no templo Toodaiji na cidade de Nara, a […]

Leia mais

Ele pinta e eu fotografo, assim registramos as belezas das corredeiras de Oirase, que inspira artistas de todo o Japão, localizada na cidade de Towada, província de Aomori. Conheci este lugar através de uma revista de fotografia, paixão a primeira vista e foi logo para a minha agenda, um dia vou lá fotografar. Longe pra […]

Leia mais

Existem certos lugares que quando entramos nos sentimos em paz, paz consigo, paz com o mundo, uma tranquilidade que chega a assustar, assim é neste templo.     Daichiji teve sua origem numa grande lagoa artificial contruida a mais de 1.000 anos e que servia de irrigação das plantações de arroz na região. Opa! Não […]

Leia mais